[email protected] uxxZud)RfL@T2!DAOQGuN)er
Categorias

Blog: Quais os impactos positivos das práticas ESG da Algar Farming

As práticas de ESG adotadas pelo grupo Algar em suas empresas são exemplos positivos de compromisso com o futuro. Um caso inovador é a Algar Farming, que promove o respeito ao meio ambiente e contribui com serviços essenciais para a boa gestão ambiental e a conservação dos biomas brasileiros.

A Fazenda Pacajá, da Algar Farming, por exemplo, é uma das maiores áreas de manejo florestal sustentável no país. Localizada no norte do estado do Pará, nos municípios de Portel e Bagre, atende aos requisitos legais de manejo sustentável como instrumento de conservação e preservação de florestas nativas. Todas as árvores da propriedade localizadas dentro da respectiva Unidade de Produção Anual (UPA) são inventariadas e georreferenciadas.

Assim, por meio de iniciativas de preservação ambiental e manejo florestal, a Fazenda Pacajá consegue ter um dos mais importantes projetos de uso de recursos naturais.

A Algar Farming entende que a preservação do meio ambiente é uma responsabilidade compartilhada e, por isso, busca implementar práticas que garantam a proteção da biodiversidade e a sustentabilidade.

Além disso, a empresa valoriza a sustentabilidade em suas operações, buscando minimizar os impactos ambientais e promover a conservação dos recursos naturais. Isso é feito por meio de práticas de manejo sustentável, uso responsável de insumos, redução do desperdício de água e energia, entre outras ações que falaremos ao longo do conteúdo.

Neste artigo, vamos explorar as iniciativas da Algar Farming, em especial, a Fazenda Pacajá e a Movelaria Pacajá, e como elas contribuem para o desenvolvimento sustentável e a valorização do ESG. Confira e tenha uma boa leitura!


O que faz a Algar Farming?

A Algar Farming é uma empresa brasileira que tem se destacado no setor agropecuário por sua abordagem sustentável e compromisso com o desenvolvimento responsável.

A empresa se dedica ao desenvolvimento de soluções integradas, além de drones, sensores e softwares de análise de dados para coletar informações em tempo real, permitindo uma tomada de decisão mais precisa e eficiente.

Parte do grupo Algar, a Algar Farming busca conciliar o crescimento econômico com a pauta ESG, preservação ambiental e bem-estar social. A organização investe em plantio e em diferentes serviços de excelência. Entre eles, estão:

  • Fazenda Pacajá
  • Produção de grãos de soja, milho e feijão
  • Produção de cana-de-açúcar, algodão e batata
  • Confinamento de gado bovino


Colocando em prática uma das prioridades do ESG, a Algar Farming também busca incentivar a inclusão social e a geração de empregos no campo, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades rurais onde atua.
Por meio de parcerias e programas de capacitação, a empresa apoia agricultores locais, promove a troca de conhecimentos e fortalece as habilidades técnicas dos profissionais envolvidos na produção agrícola.O modelo Venture Builder é uma abordagem empreendedora que se concentra na criação e desenvolvimento de startups a partir do zero, em vez de investir em startups já existentes.

Com seu compromisso com a inovação, sustentabilidade e desenvolvimento rural, a Algar Farming se destaca como uma referência no setor agrícola brasileiro, impulsionando o crescimento e a modernização do campo utilizando soluções tecnológicas avançadas.

Entenda a sigla ESG


No contexto brasileiro, a aplicação dos princípios ESG tem ganhado destaque nos últimos anos. O país enfrenta desafios ambientais significativos, como o desmatamento na Amazônia, a gestão dos recursos hídricos e a poluição.

Assim, as empresas brasileiras começaram a ser cobradas pela sociedade civil para adotar práticas mais sustentáveis, reduzir emissões de carbono, promover a inclusão social e fortalecer as suas estruturas de governança, assim como a Algar vem fazendo desde da sua fundação.

Conheça a Fazenda Pacajá e suas ações ESG


A Fazenda Pacajá tem diversas iniciativas para continuar contribuindo com o futuro do país e do mundo. Conheça algumas ações aqui:

  • Manejo florestal
  • Rastreabilidade das árvores
  • Selo Onça Pintada
  • Certificações
  • Ação social
  • Programa de Responsabilidade Socioambiental e Educação Ambiental
  • Plantação de cacau
  • Oferta de créditos de carbono


Um dos principais destaques da Fazenda Pacajá é a sua capacidade de comercializar créditos de carbono. Essa iniciativa tem como objetivo incentivar a redução das emissões de gases de efeito estufa e apoiar projetos de conservação florestal.

Ao investir em créditos de carbono da Fazenda Pacajá, as empresas e indivíduos contribuem para a preservação das florestas e ajudam a combater as mudanças climáticas.

Movelaria Pacajá: comércio sustentável e respeito à natureza


Além da Fazenda Pacajá, a Algar Farming também conta com a Movelaria Pacajá, que comercializa produtos oriundos do Manejo Florestal Sustentável da própria fazenda.

A Movelaria Pacajá oferece uma ampla variedade de móveis e produtos de madeira, direcionados a consumidores que valorizam a origem dos produtos e buscam o respeito à natureza. Como, os itens abaixo:

  • Mesas
  • Bancadas
  • Bancos
  • Lustres
  • Prateleiras
  • Peças decorativas


O grupo Algar se preocupa em preservar a Amazônia para as próximas gerações, desenvolvendo produtos a partir de resíduos licenciados e com design que respeita a natureza. Logo, todos os produtos possuem origem registrada e que pode ser verificada.

Principais práticas da Fazenda Pacajá

A Fazenda Pacajá e a Movelaria Pacajá adotam uma série de práticas que demonstram o seu compromisso com a sustentabilidade e o ESG. Veja aqui as ações da fazenda da Algar Farming:

Manejo florestal

Uma das práticas que garante o uso de recursos naturais de forma consciente e responsável.

O principal objetivo do manejo florestal é manter a floresta viva. Para isso, é feita uma rotatividade produtiva de árvores, em um ciclo contínuo de colheita consciente e preservação.

É nesse contexto que o uso de QR codes se tornou um importante aliado. A ferramenta utilizada pela Fazenda Pacajá garante a rastreabilidade desde a origem da produção da matéria-prima que sai das florestas até chegar ao consumidor final.

Assim, a Fazenda Pacajá da Algar Farming realiza o monitoramento das atividades do manejo nas áreas trabalhadas, contando com a Auditoria da CERFLOR para certificação da atuação seguindo a legislação.

Isso traz mais transparência ao nosso processo de produção, além de colaborar com a sustentabilidade da floresta e da comunidade local.

Rastreabilidade das árvores

É outra iniciativa importante, pois permite acompanhar todo o processo produtivo e garantir a origem legal e sustentável da madeira utilizada.

Selo Onça Pintada

O selo “Onça-Pintada” atesta que as atividades desenvolvidas na fazenda ajudam a preservar a sobrevivência e conservação da onça-pintada, o seu hábitat e de suas presas naturais.

Assim, ele certifica que a biodiversidade da floresta está conservada, garantindo a existência de uma das espécies que estão em extinção, a onça-pintada.

Certificações

A fazenda conta com certificações reconhecidas internacionalmente. Como o certificado “CERFLOR/Inmetro” de “Floresta Bem Manejada”, o certificado de padrão de qualidade “Verified Carbon Standard”, o mais utilizado para contabilização de carbono.

Além desses, também temos o “Social Carbon”, padrão de avaliação e monitoramento de benefícios.

Ação social

Desenvolvimento de ações sociais para beneficiar as comunidades locais, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e promovendo o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua.

Assim, a Fazenda Pacajá auxilia no acesso a serviços de saúde e cidadania para os moradores da Vila ABC e comunidades do Rio Pacajá, como atendimento médico, odontológico, vacinas, emissão de documentos e muitas outras ações. Ao todo, mais de 200 pessoas foram beneficiadas em 2022.

Programa de Responsabilidade Socioambiental e Educação Ambiental

Programas sociais e educacionais também são desenvolvidos para conscientizar e engajar a comunidade, despertando a importância da preservação ambiental e da adoção de práticas sustentáveis.

Dessa forma, a Algar Farming promove práticas sustentáveis para a comunidade, tais como:

  • Preservação dos recursos naturais
  • Tratamento de resíduos
  • Oficinas e atividades que ajudam na geração de renda, alimentação e educação por meio da Biblioteca na Floresta, contribuindo para o bem-estar de todas as comunidades envolvidas pelo projeto, dentre elas uma quilombola, localizada no entorno da Fazenda Pacajá.


Plantação de cacau

A Algar Farming também está investindo com a plantação de cacau em suas terras, promovendo uma atividade agroflorestal que combina a produção de alimentos com a conservação da biodiversidade.

Dessa forma, a área não produtiva passou a ser produtiva com a plantação de 10 mil mudas de cacau, onde estima-se que a primeira colheita aconteça em 2023.

Oferta de créditos de carbono

Outra frente sustentável importante da Fazenda Pacajá é a estratégia de negócios com oferta de créditos de carbono.

Essa oferta possibilita que empresas e indivíduos compensem as suas emissões de carbono, contribuindo para o combate às mudanças climáticas e apoiando projetos de conservação florestal.

A compra de créditos de carbono faz parte das melhores práticas internacionais de mitigação do aquecimento global.

Assim, através do crédito de carbono, incentivamos outras empresas e países a adotarem energias limpas e preservar a floresta.

Funciona assim: companhias que impedem a emissão de 1 tonelada de CO2 (dióxido de carbono) geram esse crédito e podem vendê-lo para outras instituições que excederem o volume de emissão desse gás na atmosfera.

Grupo Algar e o compromisso com o futuro

O grupo Algar, do qual a Algar Farming faz parte, tem um compromisso sólido em proteger as pessoas e o mundo.

Acreditamos que o desenvolvimento deve ser pautado pelo respeito às dimensões social, cultural, ambiental e financeira. Essa abordagem integra o ciclo virtuoso de crescimento e preservação, promovendo um futuro mais sustentável.

Além disso, com a implementação de práticas de manejo florestal sustentável, certificações reconhecidas, ações sociais, programas de responsabilidade socioambiental, plantação de cacau e oferta de créditos de carbono, o grupo Algar, por meio da Algar Farming, busca conciliar o crescimento econômico com a preservação ambiental e o bem-estar social.

A Algar Farming, a Fazenda Pacajá e a Movelaria Pacajá são exemplos de como as empresas podem aplicar o ESG e desempenhar um papel fundamental na construção de um futuro mais sustentável para todos.

Agora que você já conhece o ESG e as iniciativas da Algar Farming, Dê o play no AlgarCast #Ep24 Sustentabilidade e os impactos futuros das ações de hoje no meio ambiente e fique por dentro das questões sustentáveis do futuro.

Por Marlos Alves, Presidente da Algar Farming.

Gostou?
Compartilhe!

Posts relacionados

Inscreva-se em
nossa Newsletter

Fique por dentro do nossos conteúdos!