[email protected] uxxZud)RfL@T2!DAOQGuN)er
Categorias

Blog: 5 erros comuns na aplicação dos métodos ágeis

Implantar métodos ágeis podem trazer muitos benefícios. Mas é preciso fazer da maneira correta o processo. Fonte: Freepik



Os métodos ágeis são ferramentas que permitem colocar em prática a gestão ágil de projetos nas organizações. Esse tipo de gerenciamento prioriza o menor tempo para a realização das tarefas, porém, sempre em busca dos melhores resultados.

Há algum tempo, esse tipo de gestão era mais comum em empresas da área de Tecnologia da Informação e Análise de Sistemas, principalmente, na parte de desenvolvimento de software. Contudo, atualmente, organizações de qualquer área implementam metodologias ágeis, pelos vários benefícios que elas oferecem para as companhias.

Mas, mesmo proporcionando diversas vantagens, é necessário ter alguns cuidados ao implementá-los para não cometer equívocos e ocasionar falhas no negócio. Quer saber quais são os erros mais comuns na aplicação dos métodos ágeis e como evitá-los? Então, acompanhe esse artigo até o final e entenda tudo sobre o assunto. Aproveite e boa leitura!

O que são métodos ágeis?

A gestão ágil, como o próprio nome já diz, busca agilidade e eficiência na administração de um negócio. Nesse tipo de direção são deixadas de lado as burocracias, inflexibilidades e falta de adaptação dos modelos tradicionais.

A administração se baseia em ciclos curtos, nos quais são realizadas várias entregas de tarefas ao longo da execução do projeto. Com isso, é permitido visualizar, analisar e entender se são necessárias adaptações nas ideias e no projeto.

Todos buscam o mesmo propósito, porém possuem particularidades e as suas próprias maneiras de encaminhar as etapas de consolidação de um projeto ou produto.

Essas metodologias possuem em comum características, como:

  • Foco na entrega;
  • Menor tempo possível de execução;
  • Análise e revisão constante do projeto;
  • O cliente é envolvido nas etapas, gerando mais valor ao projeto.


Quais os principais métodos ágeis?

Como já mencionado, os métodos ágeis são algumas ferramentas formuladas para colocar em prática um modelo de gestão ágil. Conheça alguns dos principais:

Scrum


Um dos principais e mais conhecidos métodos ágeis é o Scrum. Ele se baseia em ciclos de produção chamados de sprints. A cada ciclo há uma entrega e baseado nisso, a equipe e cliente tem a oportunidade de fazer um review e determinar adaptações ao longo da produção.

É importante ressaltar que nessa metodologia há um planejamento prévio e um tempo fixo para execução e entrega do projeto. Por isso, os sprints devem ser planejados baseados nesse tempo determinado.


Conheça algumas etapas do Scrum:

  • Sprint Backlog: objetivos macros do projeto que auxiliam toda a equipe a entender o que deverá ser executado;
  • Product Backlog: lista especificando todas as funções desejadas para o produto final. Ela deve ser feita no início do projeto, mas pode ser aprimorada ao longo dele;
  • Sprints: como explicamos, são os ciclos de cada projeto. Eles são definidos conforme o prazo final determinado para a entrega;
  • Retrospectiva: reuniões que ocorrem ao final de cada sprint, ou seja, de cada ciclo de entrega. A intenção é avaliar para promover melhorias e otimizações nos processos. É importante lembrar que antes de realizá-la, é necessário fazer uma dinâmica para que o time discuta os pontos negativos e positivos (referente a processos e pessoas) ocorridos durante o Sprint;
  • Daily Scrum: reunião diária para alinhar o progresso do projeto;
  • Sprint Planning Meeting: reuniões periódicas realizadas a cada início de um novo sprint. Assim podem ser definidas algumas ações de cada ciclo, como, por exemplo, os itens do Product Backlog que serão desenvolvidos naquele momento;
  • Sprint Review Meeting: reunião realizada ao final de cada sprint para fazer uma avaliação do andamento do ciclo.

Kanban


A Kanban é uma metodologia também muito conhecida e utilizada para implementar uma gestão ágil.

A origem dela é japonesa e se baseia em cards que sinalizam as etapas e determinam a gestão do fluxo de andamento dos processos.

Geralmente, se dividem os ciclos de produção em categorias de cards, como “a fazer”, “em teste” e “aprovado”.


Scrumban


A Scrumban tem esse nome porque, justamente, é uma fusão das metodologias Scrum e Kanban. O Scrumban é uma metodologia ágil e híbrida, a qual mescla princípios do Scrum e do Kanban.

Portanto, há um planejamento prévio, são realizados os sprints, mas são aliados à gestão de processos realizados pelos tradicionais cards do Kanban. A melhoria contínua e menor tempo hábil continuam sendo prioridades neste método.

Lean


A ideia principal do Lean é trabalhar a execução de um projeto no menor tempo possível. Com isso, são eliminadas diversas etapas consideradas desnecessárias. Além disso, desperdícios de recursos também não são permitidos nesta metodologia.


Quais os principais benefícios de adotar esses métodos?


São diversos os benefícios que as empresas podem obter ao adotar métodos ágeis em sua gestão.

Muito mais do que um menor tempo de finalização de projetos, se implementados da maneira correta, eles podem beneficiar desde a cultura interna com mais eficiência, colaboração e engajamento, até o aperfeiçoamento contínuo de projetos e desenvolvimento de produtos.

Esse tipo de gestão não é mais o futuro e sim uma realidade. O mercado anseia cada vez mais pela agilidade e aprimoramento.

Portanto, para aqueles negócios que ainda não se adaptaram a esse modelo de gerir, já passou do tempo de buscar conhecimento sobre o assunto e colocá-lo em prática. Veja detalhadamente alguns dos benefícios que os métodos podem proporcionar:

Melhoria Contínua

Os métodos ágeis enfatizam a reflexão constante e a busca pela melhoria contínua. Após cada iteração ou sprint (reuniões objetivas de avaliação), as equipes realizam retrospectivas para avaliar o que funcionou bem e o que pode ser aprimorado.

Isso leva a ajustes imediatos e eficazes, resultando em um processo de desenvolvimento mais eficiente e uma maior satisfação dos stakeholders.

Entrega Contínua de Valor


Uma das características mais específicas dos métodos ágeis é a entrega contínua de partes funcionais do produto. Isso significa que, em vez de esperar até o final do projeto para entregar o resultado, as equipes ágeis entregam pequenas partes do produto em intervalos regulares, chamados de iterações ou sprints.

Esse processo permite que os stakeholders vejam e interajam com o produto em desenvolvimento desde o início, proporcionando feedback valioso e garantindo que o valor seja entregue continuamente ao longo do projeto.

Colaboração, engajamento e melhor e comunicação


Os métodos ágeis incentivam a colaboração entre as equipes, os clientes e os stakeholders desde o início.

Já que, as reuniões de acompanhamento promovem a comunicação regular entre os membros da equipe, facilitando a identificação rápida de problemas e a resolução de obstáculos.

Além disso, a abordagem ágil valoriza a proximidade com o cliente, permitindo que as equipes entendam melhor suas necessidades e adaptem o produto de acordo.

Os métodos ágeis também promovem um senso de responsabilidade e empoderamento. Isso cria um ambiente de trabalho mais motivador e engajador, no qual os membros da equipe se sentem valorizados e incentivados a contribuir de maneira significativa.

Por Leandro Nazareth, Head do Brain Solutions no Brain.

Gostou?
Compartilhe!

Posts relacionados

Inscreva-se em
nossa Newsletter

Fique por dentro do nossos conteúdos!