Governança Corporativa

Governança Corporativa

GRI G4 7 | 15 | 16 | 17 | 34 | 35 | 36 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 49 | 56
“Negócios podem
ser passageiros,
valores são perenes”

Somos um grupo familiar com gestão profissional e evolução contínua das práticas de governança que constituem a base para o crescimento e a perenidade da Companhia

Acreditamos que negócios podem ser passageiros, mas princípios e valores são perenes, por isso, nossa postura transparente e conduta ética praticada desde a criação do grupo Algar, há mais 85 anos, se refletem de forma acentuada na Governança Corporativa. Nossa atuação em 2014 foi, inclusive, reconhecida nacionalmente por três grandes prêmios: Empresa Melhor Administrada (setor Telecom), da Época 360º e realizada em parceria com a Fundação Dom Cabral; Empresa Mais Consciente na categoria Governança (setor Telecom), da revista Isto É e Melhor Relatório Anual, na categoria Companhia Aberta – com receita líquida até R$ 3 bilhões, da Abrasca.

Companhia aberta não listada em bolsa desde 2007, adotamos práticas que superam em muitos casos, inclusive, as de companhias listadas. O nosso modelo de gestão conta com ferramentas para garantir a tomada segura de decisões, identificar, mensurar, controlar e gerir os riscos corporativos. Para isso, procuramos estar fundamentados no que há de mais moderno e atualizado no que tange a sistemas, controles, políticas e indicadores de gestão.

Pertencemos a um Grupo familiar com gestão profissional, e a evolução contínua das nossas práticas de governança constituem a base para o crescimento e a perenidade da Companhia. Temos diretrizes claras e sólidas, que visam garantir nossa perspectiva de longo prazo. A preocupação com a Governança Corporativa e a adoção das melhores práticas tornou o grupo Algar referência, sendo uma das 14 companhias latino-americanas credenciadas a pertencer ao Latin American Companies Circle of Corporate Governance, uma iniciativa da Organization for Economic Cooperation and Development (OECD) e do International Finance Corporation (IFC/World Bank).

Estrutura de Governança

A estrutura da governança corporativa foi definida para criar processos e tornar a Empresa cada vez mais sólida e perene, alinhando os interesses de longo prazo não só entre acionistas e gestores, mas entre todos os stakeholders.



Estrutura Societária

GRI G4 7 | 13 | 17

Em janeiro de 2014, a Algar Tech, nossa subsidiária de Soluções Integradas de TIC e BPO, adquiriu a Asyst, empresa de service desk com atuação no Brasil, Chile e Argentina, com o objetivo de reforçar o portfólio de serviços gerenciados de TIC e se posicionar mais fortemente na América Latina. Foi mais um importante passo na internacionalização dos negócios, iniciado em 2013. A compra agregou à Algar Tech uma carteira de 170 clientes de grande e médio porte, com atuação nacional e internacional, e a incorporação de mais de 2,6 mil novos associados, alocados em escritórios de São Paulo, Argentina e Chile. A transação foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Estrutura Societária *

* em 31/12/2014
** Algar Tech SAS: Constituída em Medellín (Colômbia)
*** Asyst Chile: Subsidiária no Chile


Conselho de Administração

O Conselho de Administração da Algar Telecom se destaca pela maioria dos membros serem externos. Hoje, sete dos onze componentes não são executivos da Companhia e não possuem vínculo comercial com a mesma. Os cargos de executivos e de conselheiros não são cumulativos. O funcionamento e as responsabilidades do Conselho são definidos em Regimento Interno com base na Lei das Sociedades por Ações, Estatuto Social e Código de Boas Práticas do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

Um calendário temático anual estabelece as reuniões, que ocorrem, ordinariamente, seis vezes ao ano. Sempre que necessário, agenda-se um encontro extraordinário.

Composição do Conselho de Administração*

Luiz Alberto Garcia
Presidente
Luiz Alexandre Garcia
Vice-presidente
Alexandrino Garcia Neto
Membro
Eliane Garcia Melgaço
Membro
Aguinaldo Diniz Filho
Membro externo
Geraldo Sardinha Pinto Filho
Membro externo
Sérgio Alair Barroso
Membro externo
Silvio José Genesini Júnior
Membro externo
Ozires Silva
Membro externo
Walter Fontana Filho
Membro externo
Hélio Marcos Machado Graciosa
Membro externo

O histórico profissional dos conselheiros está
disponível no site de RI da Algar Telecom.

* em 31/12/2014

Avaliação do Conselho

Ferramenta importante para garantir a efetividade do Conselho de Administração, a autoavaliação anual foi instituída em 2005. O processo é realizado em três etapas e avalia o Conselho, como colegiado, os membros individualmente e o presidente do Conselho, que tem função e responsabilidade específica. Na primeira, são realizadas entrevistas individuais e preenchidos questionários de avaliação. Em seguida, o material é analisado pelo Comitê de Governança Corporativa, que propõe um plano. Na última etapa, os resultados e as recomendações são discutidos pelo Conselho, resultando no plano final.


Comitês de Assessoramento

O Conselho de Administração da Algar Telecom conta com o apoio de três comitês de assessoramento, não deliberativos: Auditoria e Gestão de Riscos; Governança Corporativa e Talentos Humanos. Os comitês são formados por membros do Conselho e especialistas externos. Os membros são nomeados anualmente pelo Conselho. O funcionamento dos comitês, as suas responsabilidades e o seu relacionamento com o Conselho, diretoria e demais órgãos sociais são definidos em Regimento Interno aprovado pelo Conselho e seguindo as recomendações no Código de Boas Práticas do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

Auditoria e Gestão de Riscos

Tem como objetivo garantir qualidade, integridade, transparência e credibilidade nas demonstrações financeiras, bem como a efetividade dos processos das auditorias interna e externa, dos controles internos, o cumprimento da legislação aplicável, além de zelar pela gestão adequada dos riscos corporativos e das operações. Anualmente, são realizadas quatro reuniões deste Comitê.

Eliane Garcia Melgaço
Presidente do Comitê e
membro do Conselho de Administração
Gilberto Loureiro
Especialista externo contábil
Rubens Della Volpe
Especialista externo Gestão de Riscos
Sérgio Alair Barroso
Membro do Conselho de Administração

Talentos Humanos

Deve apoiar o exercício de uma política de valorização e desenvolvimento de talentos humanos, dentro das melhores práticas de gestão estratégica de pessoas. Acompanha o desenvolvimento organizacional, a formação e desenvolvimento de lideranças, especificamente através da universidade corporativa – UniAlgar, a política de remuneração e clima organizacional.

Eliane Garcia Melgaço
Presidente do Comitê e
membro do Conselho de Administração
Silvio José Genesini Júnior
Membro do Conselho de Administração
Celia M. Ferraz
Especialista externa
Cícero Domingos Penha
Vice-presidente corporativo de
Talentos Humanos do grupo Algar

Governança Corporativa

Tem a missão de zelar pela adoção efetiva e evolução contínua de boas práticas de Governança Corporativa que reforçam a visão de futuro da Algar Telecom e aumentam as perspectivas de longo prazo.

Eliane Garcia Melgaço
Presidente do Comitê e
membro do Conselho de Administração
Walter Fontana Filho
Membro do Conselho de Administração
Helio Marcos Machado Graciosa
Membro do Conselho de Administração
Luiz Alexandre Garcia
Membro do Conselho de Administração
Alexandrino Garcia Neto
Membro do Conselho de Administração

Auditoria Interna e Externa

Contamos com duas auditorias, uma interna e outra externa. Ambas se reportam ao Conselho de Administração, por meio do Comitê de Auditoria e Gestão de Riscos, e funcionalmente à Algar. A auditoria interna promove a avaliação dos controles e verifica a conformidade com normas, políticas e valores internos. Atua com base em um plano e calendário anual definidos com o Conselho de Administração. A auditoria externa emite opinião sobre as demonstrações financeiras trimestrais, mediante auditoria conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais. Em 2014, seguindo a prática de rodízio após cinco anos de atividade, a Algar Telecom passou a ser auditada pela EY (Ernest & Young).


Conselho Fiscal

Para garantir ainda mais a transparência e qualidade dos nossos resultados, a Companhia instalou desde 1997 o Conselho Fiscal, órgão de funcionamento não permanente e eleito pela Assembleia Geral. É composto por três membros e respectivos suplentes, com mandato de um exercício anual, terminando seu mandato na primeira Assembleia Geral Ordinária subsequente à respectiva eleição. As competências do Conselho Fiscal são aquelas previstas em Lei. Em 2014, este Órgão se reuniu quatro vezes.

Composição do Conselho Fiscal*

Geraldo Batista Caetano
Gilberto Saramago Gatti
Dilson Dalpiaz Dias

* em 31/12/2014


Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva é o órgão responsável por instituir as políticas de gestão de acordo com o direcionamento do Conselho de Administração. Formada por profissionais qualificados, com ampla experiência nos negócios de atuação, a Diretoria Executiva se reúne, ordinariamente, uma vez por semana, ou sempre que necessário, para alinhamento e tomada de decisão de assuntos da execução estratégica.

Composição da Diretoria Executiva*

Divino Sebastião de Souza
Diretor-Presidente
Jean Carlos Borges
Diretor-Vice-Presidente de Operações
Tatiane de Souza Lemes Panato
Diretora Financeira e de Relações com Investidores
Marineide da Silva Peres
Diretora de Talentos Humanos
Luis Antônio Andrade Lima
Diretor de Operações e Tecnologia


Osvaldo César Carrijo
Diretor Negócio Varejo
Márcio Estefan
Diretor Negócio Empresas
Marcelo Almeida Nunes
Diretor Negócio Atacado

O histórico profissional dos
diretores está disponível no
site de RI da Algar Telecom.

* em 31/12/2014

Avaliação da Diretoria Executiva

GRI G4 44

Por meio da avaliação 360°, realizada anualmente, são analisadas as competências essenciais Algar e as específicas de cada cargo e de seu ocupante, análise dos pares, subordinados e superiores. Esse processo resulta em um plano de ação no qual se destacam os pontos positivos e a melhorar de cada executivo, inclusive com iniciativas de formação e aperfeiçoamento.


Outras Práticas e Órgãos de Governança

Conselho de Usuários

O Conselho de Usuários é um órgão consultivo, com participação de clientes, para orientar, analisar e avaliar os serviços e a qualidade do atendimento oferecido, além de sugerir melhorias. Essa instância existe desde 1999, quatro anos antes da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) determinar a criação dos conselhos de usuários por meio do Regulamento de Conselhos de Usuários do Serviço Telefônico Fixo Comutado.

Comissão de Associados

É composto por profissionais de várias áreas da Companhia. O grupo promove a interação e o alinhamento entre os associados, a área de Talentos Humanos e a Diretoria e também participa ativamente nas negociações coletivas.

Código de Conduta

Desde 1996, o Código de Conduta busca garantir o nível mais alto de integridade e ética corporativa, servindo de referência a todos os associados e parceiros nas diversas interações que envolvem seu trabalho e os relacionamentos internos e externos. A última atualização do Código foi feita em dezembro de 2014. Na 3ª edição foram incluídos: (i) a instalação do Canal de Integridade para denunciar comportamentos que estejam em desacordo com o Código; (ii) a instalação da Comissão de Integridade e Compliance; (iii) regras de combate à corrupção; (iv) a inclusão da conduta digital; e (v) a obrigatoriedade da assinatura do Termo de Compromisso ao Código por todos os associados do grupo Algar.