Voltar

Óculos com reconhecimento facial é testado por policiais chineses

Tecnologia está sendo testada em Zhengzhou e já permitiu a detenção de sete pessoas.

16 de fevereiro de 2018 / Por: Redação

Óculos capazes de identificar criminosos em locais com grande movimentação. Para a polícia chinesa, eles são realidade e já estão sendo testados na cidade de Zhengzhou. 

Os óculos utilizam tecnologia de reconhecimento facial e já permitiu a detenção de sete suspeitos. Outras 26 pessoas com identidades falsas também foram identificadas. 

A novidade vai permitir que o governo chinês tenha um controle mais rígido sobre a população, já que, com a nova tecnologia, será possível criar uma enorme plataforma de monitoramento através de fotos, impressões digitais e até escaneamento de íris.

Mas como funciona essa tecnologia? Os aparelhos ficam conectados a um banco de dados. O sistema tira fotos de pessoas suspeitas e compara com as informações do banco. 

Atualmente, a China é líder em tecnologia de reconhecimento facial. O país tem hoje 170 milhões de câmeras de circuito fechado, e deve instalar mais 400 milhões nos próximos anos.

O recurso levanta uma série de discussões. Há quem apoie a tecnologia, mas também existe aqueles que criticam, alegando que essa seria mais uma arma para perseguir dissidentes políticos e minorias étnicas. E você, o que acha?

Fonte: Brainstorm9 I Exame