Voltar

O corpo humano pode transmitir senhas mais seguras

Segundo pesquisa, senhas e códigos de acesso mais seguros poderão ser transmitidos pelo corpo humano.

08 de novembro de 2016 / Por: Redação

De acordo com pesquisadores da Universidade de Washington, nos EUA, é possível transmitir senhas e códigos de acesso mais seguros por meio do corpo humano.

Segundo o estudo, esse tipo de transmissão é capaz de interligar aparelhos, confirmar a identidade do dono do dispositivo e realizar diversas ações do cotidiano, como destravar uma porta com trava eletrônica inteligente a partir de um sensor biométrico no celular.

Essas transmissões de baixa frequência seriam geradas por sensores de impressões digitais e touchpads (áreas sensíveis ao toque) que gerariam conexões menos suscetíveis a invasões.

Testes já foram realizados em iPhones e laptops, mostrando sucesso na transmissão de dados entre pessoas de diferentes biotipos e em movimento, porém em velocidade ainda baixa.

O protótipo tem um longo caminho a ser percorrido até alcançar o resultado esperado, mas já existem grandes expectativas para o projeto. Conheça mais sobre o estudo aqui.