Voltar

Jovem desenvolve aplicativo para ajudar vítimas do Alzheimer

A tecnologia utiliza inteligência artificial e reconhecimento facial para identificar pessoas

26 de fevereiro de 2018 / Por: Redação

Emma Yang, de 14 anos, está desenvolvendo um aplicativo que vai ajudar muitas famílias que possuem parentes vítimas do Alzheimer. A maior motivação da jovem programadora em criar o app foi a convivência com a avó, que possui a doença. 

O aplicativo chamado de ‘Timeless’ funciona de uma forma simples e muito funcional. O usuário tira uma foto da pessoa que não está reconhecendo e imediatamente o aplicativo indica o parentesco da paciente com a pessoa da foto.

 “A inteligência artificial e o reconhecimento facial estão evoluindo e sendo aplicados em mais áreas, especialmente no ramo da saúde”, disse a Emma Yang de ao podcast americano Sincerely Human.

O software de reconhecimento facial está sendo criado com a empresa Kairos. Além de reconhecer o parente da vítima, o ‘Timeless’ terá uma tela de lembretes com tarefas diárias, fotos dos membros da família e menu com todas as informações importantes sobre o paciente de Alzheimer.

O desafio da jovem agora é concluir o projeto e, por isso, criou uma campanha de crowdfunding para financiá-lo. Os testes vão usar pacientes reais vítimas de Alzheimer.

Emma Yang está otimista e diz que esse aplicativo fará uma grande diferença na vida de muitas famílias, principalmente quando os pacientes estiverem na fase inicial da doença.

Fonte: Super Interessante