Voltar

Computador de DNA identifica doenças

Pesquisadores holandeses conseguiram conectar anticorpos a um computador de DNA

27 de março de 2017 / Por: Redação

Em breve será possível realizar a liberação controlada de medicamentos por meio de computadores de DNA. É o que afirma um grupo de pesquisadores da Universidade de Eindhoven, na Holanda.

Esse processador de DNA será capaz de realizar cálculos com base nos anticorpos presentes no sangue e utilizar as informações coletadas para definir o melhor tratamento.

“A pesquisa em testes diagnósticos tende a se concentrar no ‘reconhecimento’, mas o que é especial nesse sistema é que ele pode pensar e ser conectado a um sistema de atuadores, para a dispensação de medicamentos, ” ressalta o professor Maarten Merkx, da Universidade de Tecnologia de Eindhoven.

O estudo faz parte de um grande esforço mundial para o desenvolvimento de medicamentos inteligentes que ajudem no controle da dosagem, minimizem efeitos secundários e danos colaterais e sejam comercializados a um baixo custo.