Voltar

A importância da cultura para o crescimento da sua startup

Mesmo após o crescimento da empresa, alguns empreendedores continuam sem dar atenção para esse quesito tão importante.

25 de junho de 2018 / Por: Redação

Ao iniciar uma startup, a maioria dos empresários estão mais preocupados em fechar o modelo de negócios do que com a cultura empresarial. Isso acontece pois, muitas vezes, a empresa começa pequena. Porém, mesmo após seu crescimento, alguns empreendedores continuam sem dar atenção para esse quesito tão importante. 

A cultura de uma empresa nada mais é do que os valores éticos e morais, hábitos, comportamentos e crenças dos fundadores. É importante que esses valores sejam transmitidos a todos os funcionários, caso contrário, o empreendedor terá sérios problemas. Marc Randolph, cofundador da Netflix, ressalta a importância de se preocupar com a questão cultural desde a fundação da empresa. Para ele, o sucesso do modelo inovador é tratar a cultura empresarial de forma mais estruturada. Ela deve fazer parte da estratégia do negócio. Comportamentos, recompensas, nível de tolerância ao erro, perfil do time, são itens que já devem estar conectados de forma clara e natural.

O CEO deve ser responsável por garantir que cultura e estratégia andem juntas. A medida que a startup vai crescendo, nascem os departamentos de apoio como o RH, por exemplo.

Ter uma cultura bem definida fará com que os colaboradores tenha uma visão ampla o negócio, isso sem falar que, trabalhar com as coordenadas para agir garante melhor desempenho e evita conflitos desnecessários dentro da empresa.

Entender qual o jeito de ser da sua empresa é fundamental para definir uma cultura coerente. Nesse vídeo, Mônica Santos, Diretora de RH do Google Latam, te ajuda a descobrir isso. Confira!