Voltar

Economia criativa: estamos falando sobre isso!

Saiba mais sobre o conceito desse novo olhar do empreendedorismo e veja detalhes do debate promovido pela Algar Telecom.

15 de maio de 2017 / Por: Redação

Criatividade e startups geralmente estão associadas ao mercado digital. Mas a Economia Criativa vem para mudar esse conceito e dizer que é possível criar um negócio em um contexto totalmente diferente, como moda, artes e cinema.

Baseada em 08 pilares – arquitetura, design, artes, moda, cinema, audiovisual, literatura e artes cênicas – esse conceito é transformar a criatividade em resultado e, mais que isso, de pensar as relações em comunidade.

A Economia Criativa tem a economia colaborativa como seu carro-chefe. Aqui, o empreendedor passa então a pensar em modelos inovadores, com novos processos e novas tecnologias, valorizando o setor criativo em que atua, muitas vezes menosprezado por não encerrar uma formação voltada para a gestão de negócios.

PROMOVEMOS UM DEBATE SOBRE O ASSUNTO EM CURITIBA!

A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do nosso Grupo, promoveu um debate sobre Economia Criativa, em Curitiba.

Jornalistas e representantes de empresas participaram de um painel com especialistas das áreas de inovação e negócios. Foram abordados temas sobre como a economia criativa pode colaborar para o desenvolvimento inteligente das cidades, com base em aspectos sustentáveis, econômicos, comportamentais e tecnológicos.

O evento teve a participação dos painelistas Sarah Santos (idealizadora do Bendita Colab, primeiro espaço do coworking de artesanato do pais) e do coordenador de pesquisa da Endeavor, Pedro Lipkin que é graduado em Economia pela FGV-RJ e mestrando em Economia pela EESP/FGV.

A loja Bendita Colab, reúne hoje 35 marcas (artesão s/designers). Já a Algar Telecom é uma empresa de telecomunicações do grupo Algar,que está há mais de 60 anos no mercado, com o objetivo principal de manter um relacionamento próximo com seus clientes e oferecer serviços de alta qualidade.